MORFOFISIOLOGIA E QUALIDADE DE PORTA-ENXERTO DE CAJUEIRO SOB PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO E ESTRESSE SALINO - DOI: 10.7127/rbai.v13n301082

Leandro de Pádua Souza, Reginaldo Gomes Nobre, Reynaldo Teodoro Fatima, Thiago Pimenta, Genilson Lima Diniz, Joicy Lima Barbosa

Resumo


A menor qualidade de água usada na irrigação na produção agrícola nas regiões semiáridas, requer o desenvolvimento de tecnologias e/ou estratégias que minimizem o efeito deletério da salinidade presente na água de irrigação. Desta forma objetivou-se avaliar a influência de diferentes concentrações de peróxido de hidrogénio via tratamento de sementes sobre as respostas fisiológicas, de crescimento e qualidade de porta-enxerto de cajueiro Embrapa 51 irrigado com águas de distintas salinidades. O ensaio foi desenvolvido em ambiente protegido da Universidade Federal de Campina Grande do Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, campus Pombal – PB, utilizando-se delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 5 x 4, com quatro repetições e duas plantas por parcela, cujos tratamentos consistiram em diferentes níveis de condutividades elétricas da água de irrigação - CEa (0,3; 1,1; 1,9; 2,7 e 3,5 dS m-1) associados às concentrações de peróxido de hidrogênio - H2O2 (0; 10; 20 e 30 μM). As diferentes concentrações de H2O2 foram obtidas a partir da diluição, em água destilada, da solução de peróxido de hidrogénio 1M. As trocas gasosas, formação de massa fresca e seca e a qualidade de porta-enxerto de cajueiro é reduzido pelo aumento da salinidade da água de irrigação, no entanto a rega com água de CEa 1,68 dS m-1, promove reduções aceitáveis de 10% na morfofisiologia do cajueiro “Embrapa 51”. De forma geral, a uso das concentrações de 10% de peroxido de hidrogênio proporciona os maiores acúmulos de fitomassa e qualidade dos porta-enxertos de cajueiro. Concentrações de peróxido de hidrogênio de 10% proporcionou maior tolerâncias nas variáveis estudadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Agricultura Irrigada - RBAI

ISSN: 1982-7679

E-mail: revista@inovagri.org.br

+55 85 32681597