ZONEAMENTO AGROCLIMÁTICO DA PALMA FORRAGEIRA PARA O ESTADO DA BAHIA - DOI: 10.7127/rbai.v13n4001087

Lucio Aderito dos Anjos Veimrober Júnior, Neilon Duarte da Silva, Alisson Jadavi Pereira da Silva, Delfran Batista dos Santos, Hans Raj Gheyi, Francisco Airdesson Lima do Nascimento

Resumo


A palma forrageira é uma alternativa importante na oferta de alimentação animal em regiões semiáridas. Todavia seu cultivo tem requerido conhecimentos básicos a fim de obter produção regular. Neste sentido, o conhecimento climático da localidade é fundamental. Objetivou-se elaborar o zoneamento agroclimático da cultura da palma forrageira (Opuntia sp.) para o estado da Bahia. A elaboração do zoneamento agroclimático fundamentou-se em indicadores climáticos referendados em literatura científica e na utilização de séries históricas de dados climatológicos obtidos em estações meteorológicas e postos pluviométricos de 452 localidades no território baiano. Os resultados obtidos permitem afirmar que condições climáticas mais favoráveis ao cultivo da palma forrageira no estado da Bahia são encontradas nas mesorregiões semiáridas Centro Norte, Nordeste Baiano e Vale do São Francisco. O cultivo da palma forrageira pode ser realizado em todo o território do estado da Bahia, exceto nas faixas litorâneas do estado compreendendo as mesorregiões Sul e Metropolitana de Salvador, e parte do Extremo Oeste Baiano. O Vale do São Francisco é a única mesorregião que não apresenta nenhuma restrição ao cultivo da palma forrageira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Agricultura Irrigada - RBAI

ISSN: 1982-7679

E-mail: revista@inovagri.org.br

+55 85 32681597